Cordel No Tempo do velho oeste - Rouxinol do Rinaré



No Tempo do velho oeste







Reinava a lei do mais forte


No Oeste antigamente.


Lá pra se sobreviver


Não bastava ser valente


Precisava-se de argúcia,


Ser ágil e inteligente!





Ser decifrador de pistas,


Um exímio cavaleiro,


Lutar muito bem com os punhos,


Não temer a pistoleiro


E ser um ás no gatilho,


Sacar sempre mais ligeiro!





Todos esses requisitos


Com um toque de humanidade


Possuía um justiceiro


De brio e sagacidade


O ranger Tex Willer


Um bravo herói de verdade.





Fico imaginando Tex


Em outro ambiente hostil:


Contra o crime organizado,


Desbaratando o covil,


Neste oeste de concreto


Que chamamos de Brasil!

Não saia sem comentar no site

Pages