Brasil Fumetti Con 2016, em Tangará, uma organização dos Fãs Clubes de Tex e Zagor Brasil na visão de Elizabete Rocha

Por Elizabete Rocha

Fonte: Blog do Zeca, http://texwillerblog.com/wordpress/?p=64645 



Nos dias 23 e 24 de Janeiro reunimo-nos em Tangará, no estado de Santa Catarina para mais um evento dos Clubes Tex & Zagor Brasil denominado de  III Encontro de Família Bonelli no Brasil. Promovido pelo Brasil Fumetti Con que é quem promove os eventos dos clubes.







Este evento foi muito peculiar para a maioria dos participantes devido à grande extensão territorial do Brasil. Só para se ter ideia o Jessé Bicodepena, presidente do Fã-Clube Tex Brasil, que mora na Bahia percorreu  mais de 6.000 km de ida e volta e posso testemunhar que viajar de carro mais de 3.000 km durante quatro dias não é nada confortável. Mas valeu a pena! Pois saindo da Bahia encontramo-nos em Minas Gerais na cidade de Belo Horizonte com o casal José Leonardus e Arlete que carinhosamente chamo de Lete e com o Ulisses Miranda com sua agradável esposa Luana para degustar de um maravilhoso churrasco com direito a umtour pela capital mineira.




No dia seguinte seguimos rumo ao estado de São Paulo, capital e já na casa de Wilson Sacramento  descansamos e seguimos logo ao amanhecer do novo dia para nova viagem para o estado de Santa Catarina, com seus desencontros pela estrada onde a minha amiga Viviane Ramos recebeu carinhosamente o apelido de “Pé de pano” (o cavalo do Pica-pau) pois não andava na estrada a menos de 100 km por hora (…risos…). Mas com tudo isso lá chegamos quase perto das 23 horas.




O interessante destes encontros são as diversidades culturais mesmo morando em um mesmo país. E o envolvimento das esposas dos coleccionadores que não medem esforços para estar ao lado deles. Foi maravilhoso ver caravanas de veículos chegando em Tangará no Sitio P.A.Z dos Bianchi com famílias inteira para participar, bebés, crianças, adolescentes e idosos todos imbuídos e emocionados de conhecerem aqueles que conheciam apenas virtualmente. Friso que o ponto alto foi a chegada de mais de oito motoqueiros liderados pelo casal Adão Ávila e Jô ostentando a sua tatuagem do Tex no braço.




O Clube Tex Brasil apresentou exposição das caricaturas do artista Jim Halley e os brindes confeccionados exclusivamente para o evento dando destaque para o Álbum de figurinhas do Zagor, na ocasião entregou as carteirinhas de sócio referente ao ano de 2016 assim como o material inédito que a SBE enviou exclusivamente para o encontro.




Na feira de compra, venda e troca os  rangers fizeram excelentes negócios. Pedro e Adeniles Bianchi presentearam-nos com um show de primeiro mundo com o cantor David Correa e seu baterista Zagor Bianchi.




Foi tudo lindo!!!! Conhecemos pessoas novas e de grande talento como o desenhador Cleiton Patrick, saboreamos um delicioso churrasco com rãs e peixes fritos. Não posso esquecer da nossa querida Nona a mãezona do Pedro Bianchi  que nos recebeu carinhosamente em sua casa cuidando de tudo e de todos não descansando um segundo mesmo no auge de seus 70 anos, sempre com um sorriso nos lábios.




Ficou notória a alegria das esposas dos rangers que em nenhum momento reclamaram de deitar tarde e acordar bem cedo. Uma imagem que não se pode esquecer é o Emerson Cruz pescando com o seu pequeno Gustavo ao cair da tarde no pântano de Bianchiwood.




Mal terminou o encontro e já se via a ansiedade para acontecer o próximo. Então fica a saudade de dias maravilhosos ao lado de pessoas que são apaixonadas por Tex. Que mesmo muitas não tenham o envolvimento com o personagem estavam ali para ver os seus esposos como crianças encontrando novos brinquedos que ainda não os possuíam como foi o caso do Jessé que trouxe três estátuas de Tex e Ken Parker criadas pelo Beto Vieira e a estátua italiana do Tex com Dinamite deixando assim a bagagem do Edemar Schnornberger  mais leve no seu retorno…


Não saia sem comentar no site

Pages