Zagor para colar

Pertenço a uma geração, a qual, um dos prazeres juvenis era colecionar álbum de figurinhas.


Naquela época, todo dinheiro que me caia nas mãos, iam para os gibis e, quando “inventavam” um álbum que me agradava, lá ia eu à banca de jornal comprar os envelopes.


A expectativa era sempre muito grande, encontrar o maior número possível de figurinhas não repetidas era o que se almejava. Rasgados e abertos os envelopes aí era separar as “boas” e passar um tempo colando, e quando eu digo colando é com cola mesmo, aquela líquida, ainda não existiam os assim chamados cromos adesivos.


Minha mãe me ensinou a não passar a cola na figurinha toda, apenas dois pingos nas pontas superiores, assim, quando completado o álbum não ficava “grosso”.


Com o passar do tempo fui me desconectando dessa cultura do álbum de figurinhas, no entanto, é uma memória afetiva que carrego comigo e qual não foi minha surpresa ao saber que os amigos do Fã Clube Tex Brasil e Zagor Brasil lançaram o álbum de figurinhas do ZAGOR.


figurinhas zagor

Também conhecido pelo codinome “Espírito da Machadinha”, Zagor foi criado por ninguém menos que o grande Sergio Bonelli, em 1961, ano do meu nascimento, ora vejam só.


A outra boa notícia é que, ao adquirir o álbum, ele já vem com todas as 125 figurinhas que o compõem, daí, você pode calmamente ir colando sabendo que ao final ele estará completo.


Eu estou com o meu aqui, pronto para reviver aqueles momentos da minha infância onde colar um pedaço de papel num outro pedaço de papel maior, era tudo o que eu precisava para me divertir.


YAAHHYAAKK!!!

Abraços à todos os bonellianos.


Por:

unnamed

Não saia sem comentar no site

Pages