Editora Lorentz, a nova editora brasileira de Dylan Dog - Por TEX WILLER BLOG

 




 


Por José Carlos Francisco, originalmente postado em Tex Willer Blog, 27 de janeiro de 2017. Para conferir o Blog mais badalado sobre Tex Willer, clique aqui.


***


Após mais de uma década ausente das bancas brasileiras, Dylan Dog, o detective do pesadelo (que completou 30 anos de vida editorial em 2016) voltará este ano a ser publicado em português, mais precisamente pela editora (brasileira) Lorentz, editora que assinou um contrato para a publicação de três histórias (inéditas no idioma português) de Dylan Dog numa primeira fase.


Serão três histórias completas em edições trimestrais com 100 páginas, no formato italiano e um preço em torno de 16,90 Reais (brasileiros), com previsão de lançamento do primeiro número para Março ou Abril, mas antevendo já algumas dificuldades com a distribuição (apesar da ideia ser de ter uma distribuição por todo o Brasil), a editora Lorentz enviará pelo correio para todo o Brasil com um preço simbólico de 1 a 2 Reais para quem comprar um exemplar, sendo o frete gratuito para quem comprar dois (ou mais) exemplares.


Apesar de ser uma nova editora, a Lorentz é um projecto com mais de dez anos, já que Adriano Lorentz o responsável pela divulgação e selecção de títulos, há cerca de uma década que congeminava a ideia de possuir uma editora para publicar revistas de banda desenhada e finalmente a ideia viu a luz do dia, graças à sua mãe, a dona Maria G. Lorentz que é então a responsável máxima pela Editora Lorentz.


E o primeiro título desta editora do Rio Grande do Sul, é precisamente Dylan Dog, como forma de homenagem pelos 30 anos da personagem criada por Tizziano Sclavi, tanto que as negociações com a Panini e com a Sergio Bonelli Editore começaram a meio de 2016 e chegaram então a bom porto precisamente no final do ano passado.


.
As três histórias a publicar ainda não foram divulgadas, mas segundo Adriano Lorentz  as histórias compreendem o que ele considera as três fases principais da personagem. A primeira história a publicar faz parte dos primeiros dez a doze anos de Dylan Dog, a história seguinte por sua vez será da metade da saga do detective do pesadelo, perto dos vinte anos, e a terceira aventura será da fase próxima dos 30 anos desta carismática personagem bonelliana.



Não saia sem comentar no site

Pages