Oração Texiana - em prosa e verso

Por Jorge Calmon, nosso grande amigo.


Realmente é estranho 

Fazer uma oração 

Pra saudar um personagem 

Que mata sem dar perdão 

 

Na verdade ele só mata

Vagabundo e ladrão 

Assassino e encrenqueiro 

Quem Mexe no que está quieto 

Invasores do alheio 

 

Nós usamos o bom senso 

Trabalhando pelo certo

Fica errado ter bandidos 

Livres ao céu aberto 

 

Liquidar a bandidagem 

Todos queremos fazer 

Falta- nos a coragem 

Pois não podemos fazer

 

Vivemos no meio de leis

Ordem e procedimentos 

Incluindo ainda, com extrema atenção

Seguir as regras Divinas

A nossa religião 

 

Não temos certificados 

Tampouco autorização 

Eliminar salafrário 

Segue uma pontuação 

 

Por isso é que somos pards

Apreciamos o Bem

A justiça e a verdade 

E os atos do além

 

Assim nós realizamos 

Sonhando bem acordados 

Curtindo mil aventuras 

E isso, amigos , não nego

Tex e seus parceiros 

São nosso alter ego

Não saia sem comentar no site

Pages